E agora?

Como todos sabem no universo dos remadores e suas famílias, no fim de semana passado realizou-se o Campeonato nacional de Veteranos e o que se passou foi que a federação não se lembrou de tudo e esqueceu-se que as medalhas teriam de ser gravadas antes de serem entregues aos medalhados.
Ora bem, como se não bastasse a tradicional falta de publico a assistir, o pouco que vai não vê a consagração no pódio dos vencedores, nem os vencedores têm o direito a ser vistos pelos familiares em cima do pódio.
Em vez disso, a federação cobra uma taxa para um almoço onde atribui a tal medalha que de seguida recolhe para mandar gravar.
É ou não é o descalabro total?
Eu, que remei num fantástico Shell 4 + categoria C, adorava ter subido ao pódio e ser visto pelo meu familiar que por acaso é o meu pai e que estava a remar no mesmo barco, porque nunca subi a um pódio com ele e porque foi um esforço conjunto entre família e amigos dentro da equipa.
Como é que eu sei que a medalha que me seria entregue nesse almoço, se eu tivesse ido, era a mesma depois de gravada, teria de escrever o meu nome nela? Porque eu exijo a minha medalha.
O que se anda a fazer do remo em Portugal, a brincar ao remo?
6 comentários

Mensagens populares