janeiro 17, 2008

Estado da nação!

Há qualquer coisa estranho no remo nestes últimos tempos que é a falta de crítica
sobre o estado do remo nacional, sobre o facto de estar-mos num ano olímpico e ter-mos apenas uma regata para tentar a qualificação e acima de tudo discussão sobre o futuro da modalidade e o que fazer em caso de não qualificação para mais uma olimpíada.
As eleições estão próximas e não se vê alternativa de mudança, não parece haver quem queira agarrar as rédeas do remo português.
Ficam aqui algumas perguntas soltas e sem ordem de prioridades:
Alguém sabe para onde vamos?
Alguém sabe como cativar mais atletas para a modalidade?
Como motivar os remadores que já cá estão a treinar mais e melhor?
Como incentivar as empresas a investir numa modalidade que não tem visibilidade ?
Será que a politica seguida pelos clubes em geral é a que mais beneficia a modalidade ou só serve os interesses individuais dos clubes?
Não deveria o remo estar mais representado nas escolas e daí canaliza-los para os clubes?
Alguém sabe como vencer a playstation? ( os jovens preferem a playstation aos desportos em especial os pouco atraentes,que exigem espírito de sacrifício e onde nunca serão Cristianos Ronaldos)
Aqui ficam algumas das minhas perguntas, quem tiver mais que as apresente e talvez se consiga uma discussão aberta e civilizada sobre o assunto em análise.
Enviar um comentário